História

  • Imagem Diretoria

    O respeito e o reconhecimento à inteligência dos jovens garantem o processo de desenvolvimento de qualquer nação.

    Iran Ribeiro - Fundador da CDL Jovem de Fortaleza

    A ideia

    Em reunião no dia 28 de março de 2001, Iran Ribeiro, então presidente, apresentou para aprovação da diretoria o estatuto do que seria a nova entidade de classe dos jovens de Fortaleza. Criar sucessores para lideranças classistas do comércio varejista era o principal objetivo da Câmara de Dirigentes Lojista Jovem: um modelo adaptado que veio somar às experiências já vividas em outras capitais, como Belo Horizonte (MG) e Porto Alegre (RS), as precursoras das CDLs Jovem.

    O mérito da concretização da ideia foi dividido com Oswaldo Rebelo, que já entendia bem como funcionava, pois fazia parte da Associação dos Jovens Empresários – AJE, entidade criada por Demócrito Dummar e o professor Cléber Aquino.

    O projeto sai do papel

    Em 09 de abril de 2001, foi apresentado, em reunião da CDL, o que seria então a CDL Jovem. A ideia estava saindo do papel e criando forma.

    No dia 11 de julho de 2001, os 170 jovens inscritos para o novo projeto se fizeram presentes na assembleia de constituição da CDL Jovem de Fortaleza, quando, entre as primeiras atribuições, escolheram 8 nomes para compor, em caráter provisório, a primeira diretoria.

    Os primeiros passos

    Iran Ribeiro sugere, em reunião de 27 de agosto, que se fazia necessário a participação de, pelo menos, um membro da diretoria da CDL Jovem nos encontros regulares da “CDL Mãe”, como passou a ser chamada a “instituição criadora e acolhedora”, desde então. Desta forma, a convivência entre as diretorias fortalecia cada uma das partes.

    O Ceará não tinha, na época, uma expressão industrial muito forte. A economia se baseava em comércio e serviços. E este era o marco: a possibilidade dos jovens contribuírem para o desenvolvimento não só da cidade, mas também do estado.
    Nasce então a Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem de Fortaleza – CDL Jovem.

    Primeira diretoria:

    Presidente: Wendell Quesado de Menezes Holanda
    Vice-presidente: Xênia Machado Pinheiro Alves
    Primeiro Diretor Administrativo Financeiro: Lívio Parente Cesar
    Segundo Diretor Financeiro: Flávia Benevides Silva
    Primeiro Diretor de Comunicação e Eventos: Isabela Holanda Rodrigues Rolim
    Segundo Diretor de Comunicação e Eventos: Aline Gadelha Félix Barroso
    Primeiro Diretor de Planejamento e Coordenação: Fabio Fleury Campos
    Segundo Diretor de Planejamento e Coordenação: Cassiano Gonçalves Correia
    Iran Ribeiro queria que a instituição trouxesse o pensamento moderno para o comércio, sem ser igual, afinal de contas, o objetivo não era ser “mais uma” e sim a entidade de maior representatividade do setor no Estado. Foi então que os presidentes das CDLs, Nacional e Estadual,  passaram a perceber a importância da “entidade filha” para dar oxigênio ao movimento lojista. O grande diferencial da CDL era ser o movimento em defesa da classe.

    A sucessão para maioria das empresas associadas era uma realidade. Então, porque não somar a experiência com o desejo de novas conquistas? A modernidade começava a chegar rapidamente, lojas mudavam suas estruturas e a administração das empresas estava com um novo olhar. A expressão da CDL Jovem já se fazia presente e firme no comércio de Fortaleza, se tornando referência nacional até os dias de hoje.

Linha do Tempo

Wendell Quesado Holanda

Wendell Holanda assume em 11 de julho de 2001, como presidente, e tinha à sua frente um obstáculo que talvez nunca tivesse enfrentado antes: a responsabilidade de transformar a ideia em prática. Como fazer, de um grupo recém-criado, uma firme e sólida entidade representativa do comércio de Fortaleza?

A entidade completa seu primeiro aniversário em 11 julho de 2002. Wendell deixa a presidência e Aline Félix assume em seu lugar.

Aline Felix

Aline Felix, que já acompanhava todos os passos da entidade desde a criação, ao lado de Wendell, assume, aos 23 anos, e tem pela frente a missão que chamou de “arrumação da casa”. Para ela, o futuro partiria daquele momento, onde a “casa” começaria a ter a cara do que se tornaria em seguida.

A entidade começava a ter uma expressão maior diante do comércio. A instituição jovem ganha mais espaço com a mudança da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL) para a nova sede, assumindo a sala antes ocupada pela mesma.
Em 2003, somavam-se 23 associados, e os almoços semanais tornavam-se cada vez mais sólidos, o que passou a demandar maior suporte financeiro e também a instituição de regras.

Lívio Parente

Integrante desde a primeira diretoria da CDL Jovem, Lívio Parente assumia em 2004 a liderança da entidade, aos 25 anos. Espelhando-se na gestão de Aline Félix, o novo presidente tinha a missão de dar continuidade à evolução da entidade.

Foi na sua gestão que a terça-feira tornou-se o dia oficial das reuniões de diretoria, como permanece até hoje.

Durante os dois anos, projetos foram readaptados e novos foram criados. As reuniões de almoço receberam novos nomes e outros, como Case de Sucesso, Ta na Mesa e Integração ganharam uma visão mais dinâmica.
Em 2005, a CDL Jovem Nacional criava a primeira campanha do Dia da Liberdade de Impostos (DLI), que tinha o objetivo de buscar um posicionamento e pressionar a administração pública na alta carga tributária.

Vivian Borges

Vivian Borges deu sua contribuição à CDL Jovem de Fortaleza por duas gestões: como diretoria de integração, com a Aline Félix, em 2002, e como diretora de comunicação, com Lívio Parente, em 2004. Na sequência, com 25 anos, assume a presidência, em 2006.
Novos layouts, quadros e formatos de reuniões foram estabelecidos, tudo no intuito de atrair mais associados, e claro, aparecer para todo Brasil. Destaque para o Debate em Pauta, Cinema Inteligente, Inovando o Conhecimento, Promovendo o Social, Sucessores, Clube do Salto Alto e o Clube do Bolinha.

A entidade passa a ter identidade jurídica. A CDL Jovem aparece em colunas sociais, caderno de negócios e economia dos principais jornais de Fortaleza.

Vívian Duarte finalizou o mandato em junho de 2008 com 53 associados a mais e uma grande visibilidade no cenário empresarial e político local.

Helrson Dias

Aos 31 anos, habituado à rotina da diretoria e com experiência adquirida na gestão de Vivian Borges, Helrson Dias assume o posto de presidente em Julho de 2008.

Nasce um dos maiores e mais representativos eventos da CDL Jovem Fortaleza, a “BIG TRIP”. O objetivo era levar os associados em uma viagem onde visitariam empresas com o intuito de trocar experiências, adquirir conhecimentos e realizar novos negócios. Em toda a gestão foram 3 edições: São Paulo, Curitiba e Santa Catarina.

Foi criado o site da entidade: www.cdljovemfor.com.br

Os eventos tem aumento de significativos de público.

Helrson Dias encerrou sua gestão com 55 novos associados.

Pablo Martins Guterres

Pablo Martins Guterres tornou-se presidente da CDL Jovem Fortaleza no segundo semestre de 2011. Assumiu o cargo aos 33 anos com o intuito de elevar a instituição a outro patamar, o de ser ainda mais reconhecida em todo o Brasil.

Em 2011, o Ceará foi palco da 52ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, reunindo as lideranças de mais de 1500 CDLs e FCDLs (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas) de todo país, empresários do comércio e estudantes.

Expansão da CDL Jovem pelo interior do estado, com sedes em Juazeiro do Norte e Crato, Tauá e Russas.

A CDL Jovem de Fortaleza passou a ser a segunda no Brasil em número de associados, passando de 100, além de ser a de maior faturamento, tornando-se referência por ter captação própria de recursos.

IV BIG TRIP, sendo a 1º Internacional com destino para Paris e Barcelona.

Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Fortaleza e comércio fervilham com o grande evento.

Pablo Guterres encerra sua gestão com muito entusiasmo e novos desafios como Coordenador Nacional da CDL Jovem. Foram mais de 100 eventos.

Cadastre-se

Receba novidades da CDL Jovem.