Blog

Diferencial do mercado é o capital humano

31 de janeiro de 2017   publicado por: CDL Jovem

Cerca de 30 pessoas do Estado participam da 106ª edição da NRF Big Show, realizada em Nova York (EUA)

Mesmo com o avanço da tecnologia, que a cada dia ocupa um espaço maior na sociedade, é o homem a peça chave no mercado. A reflexão é do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Ceará, Severino Ramalho Neto, após participar dos primeiros dias da 106ª edição da NRF Big Show, o maior evento do varejo global. Realizada anualmente em Nova York, a feira segue até amanhã, com organização da National Retail Federation (NRF). São cerca de 30 participantes da comitiva cearense. “Com toda a tecnologia que estamos vivendo, o que fascina é o homem. É a força e a vontade de fazer, de conhecer ou de atender. Isso é o que está pontuando a feira. As pessoas estão muito presentes”, avaliou Severino Ramalho Neto.

Ele conta que a programação de ontem teve como ponto alto a palestra do empresário britânico, fundador do grupo Virgin, Richard Charles Branson, que lotou o principal auditório do Jacob K. Javits Convention Center, na Big Apple, que comporta 6 mil pessoas. Branson, que possui investimentos passando da música à aviação, vestuário, biocombustíveis e até viagens espaciais, referendou o valor do capital humano, enquanto silenciosamente a imensa plateia o ouvia.

Segundo o presidente da CDL, as experiências e lições do evento serão repassadas no Ceará, durante o “Cenários do Varejo”, no Shopping RioMar, no dia 17 de fevereiro, para os empresários do Estado, além de contar com um convidado de renome nacional a ser definido.

 

Inovação

De acordo como Honório Pinheiro, presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), a RNF também apresenta a necessidade de se inovar não somente em relação à tecnologia, mas também frente aos modelos de gestão dos negócios. Outro ponto tratado diz respeito à customização dos processos à realidade de cada empresa. “O varejo precisa entender o cliente de maneira diferente”, aponta. Honório Pinheiro considera existirem boas experiências no Brasil nessa questão, mas ressalta que é preciso avançar mais, sobretudo na capacitação dos profissionais do varejo.

“É preciso compreender esse mundo novo, onde os clientes são mais exigentes. As redes sociais têm um grande impacto nisso, além de serem um espaço em que reputações podem surgir e se acabar rapidamente”, ressalta o presidente da CNDL.

“É preciso destacar, principalmente nesse momento (de recessão) que o Brasil está enfrentando, a importância que o comércio assume na sociedade e no mundo. É um setor que produz de forma complementar, mas que tem rapidez na geração de postos de trabalho. Temos visto que o varejo tem mudado a matriz socioeconômica do País ­ a cada quatro empregos, um é no setor. O americano está preocupado em valorizar esse segmento”, assinalou. Uma delegação de 110 pessoas visita a feira americana por iniciativa da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas. A ideia também é de replicar a apresentação aos empresários brasileiros.
Fonte: Diário do Nordeste


Tags: #cdlceara #eventoglobal #mercado

Cadastre-se

Receba novidades da CDL Jovem.