Blog

CDL Jovem promove DLI – Dia da Liberdade de Impostos

2 de maio de 2018   publicado por: edeas

Você sabia que no Brasil será preciso trabalhar 150 dias apenas para pagar os impostos do ano? Com base nesse número no dia 24 de maio será realizado o Dia da Liberdade de Impostos, a oportunidade de comerciantes e consumidores protestarem e se conscientizarem sobre o alto número de impostos que é cobrado no país.

O movimento, novamente, será realizado nas principais cidades do Brasil e cada vez tem atraído mais atenção da população. O objetivo do Dia da Liberdade de Impostos é de conscientização. Demonstrar toda a insatisfação com a carga tributária no Brasil, e principalmente o destino e o peso desses impostos sobre a renda do povo brasileiro.

Desde o dia 1º de janeiro de 2015 todos os estabelecimentos comerciais são obrigados a informar na nota fiscal, o total de tributos pagos pelo consumidor. Mas mesmo assim muitos brasileiros não têm o conhecimento sobre quão pesada é a carga tributária em nosso país. Nas compras do próximo Dia dos Namorados, por exemplo, quase metade do valor pago para a aquisição do presente pode ser composto por impostos. Segundo dados da Câmara de Dirigentes Lojistas os produtos mais demandados para a data são roupas, calçados e cosméticos. E sobre a compra de uma roupa, 34,67% do valor final da mercadoria é só tributos. Já nos calçados esse índice é de 36,17%. Se a escolha for por um perfume importado quase 80% do valor do produto é imposto. Ao optar pelo produto nacional, o consumidor paga quase 70% de tributos.

 

 

Em tese, o montante arrecadado pelo governo com o pagamento de todos esses tributos deveria ser utilizado para o fornecimento de serviços públicos de qualidade à população, como educação, saúde e segurança. Mas não é isto o que se vê na prática. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comprovam isto. Pesquisa divulgada pelo órgão, em março deste ano, apontou que mais de 30% da população brasileira possui planos de saúde. E o motivo é que o governo não consegue garantir a toda a população um serviço de qualidade. Assim o brasileiro acaba sendo bitributado, pois se vê obrigado a pagar além dos tributos para ter um bom atendimento médico pessoal e familiar.

A grande questão é que o cidadão faz a sua parte ao pagar os impostos. Mas a contrapartida, não é reciproca. Temos tributos demais e retorno de menos. O Brasil é o país que oferece o pior retorno dos impostos à população, segundo dados do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). A pesquisa avaliou as 30 nações com as maiores cargas tributárias do mundo. E pela 5ª vez, o Brasil ficou na última posição do ranking, atrás do Uruguai, Argentina e Grécia.

A carga tributária brasileira também é uma das mais complexas do mundo. São mais de 90 tributos em vigor no país. E como se não bastasse essa quantia elevada de impostos, a iminência de mais um tributo está às portas, a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

Cansados de tantos impostos, o CDL se une, mais uma vez, para protestar contra esse cenário com a realização do Dia da Liberdade de Impostos. A ação promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas e pela CDL Jovem, acontece no dia 24 de maio em vários pontos da cidade. O objetivo é conscientizar a população sobre a abusiva carga tributária do país. Durante o Dia da Liberdade de Impostos, os estabelecimentos participantes venderão produtos e serviços sem a incidência de impostos. Serão muitas lojas participantes – inclusive um grande shopping da capital – e diversos produtos com desconto.

Faça sua parte! Participe divulgando a ação e comprando os produtos com desconto nas lojas participantes. Só a conscientização pode nos levar a mudança. Em breve divulgaremos todas as lojas e os respectivos produtos participantes.

 


Tags:

Cadastre-se

Receba novidades da CDL Jovem.