Blog

40 empresários se unem, fecham negócios e mandam a crise pra lá

9 de fevereiro de 2017   publicado por: Patricia Gomes

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa.

 

Em vez de choramingar e esperar que políticas econômicas afastem a crise, empresários encontraram uma solução mais prática e eficiente para alavancar os negócios: a união.

Eles decidiram se unir para gerar negócios, trabalhar juntos, trocar produtos, serviços, experiências… se ajudarem.

O grupo, com aproximadamente 40 pequenos e médios empresários de Brasília se reuniu nesta terça-feira na capital federal e lotou a área reservada do restaurante Limoncello, na Asa Sul.

São profissionais de várias áreas: “desde prestação de serviço, área de saúde, varejo, design de interiores, portal de notícias, professores, advogados”, disse ao SóNotíciaBoa Rodrigo Barreto, proprietário da agência 7 Pontos, que promoveu o encontro.

A ideia é gerar relacionamentos e integrar os empresários para que eles criem soluções entre si, no dia a dia.

“A essência do grupo é se ajudar. Sozinho você pode até chegar rápido. Junto a gente chega mais longe. O empreendedor é um gerador de soluções”, lembra.

No grupo tem desde startups até empresários de médio porte.

Os negócios

Durante o encontro Halley Mestrinho, sócio de uma Clínica White Odontológica Integrada fez diversos contatos e saiu do encontro animado.

Ele conheceu a empresária Camila Dorno, da Dynamus – empresa que presta serviços de marketing estratégico e digital – que vai ajudar na promoção da clínica.

Para divulgar mais a marca da empresa, Halley buscava lembranças personalizadas e chegou ao Rodrigo Xavier, da Chocolate Lugano, que faz este e outros tipos de trabalho em Brasília.

Conseguiu também uma entrevista no canal Sofá do Enem, que estava representado no encontro por um dos apresentadores, o professor Rafael Resende.

Como além do marketing é preciso gerir bem uma empresa, Halley aproveitou a experiência de João Paulo, da Insight Financial, para “fazer uma gestão melhor do fluxo de caixa da empresa e garantir fundos suficientes para pagamentos e investimentos”.

Halley fez muitos contatos. Também abriu uma frente de negócios com as empresas de tiago Correia, para que a clínica consiga “atender as embaixadas e outros segmentos que tenham demanda estética dental e facial”.

“Ah, já combinei de cortar o cabelo na barbearia do Stephan e Ribeiro – Capo Barbearia e Café”, brincou, falando sério.

Mais negócios

É curioso como, em apenas duas horas, surgiram tantas oportunidades. Eles ofereceram o que tinham e receberam o que precisavam.

A empresa de Devanir Ferreira, a MP Audio, estava precisando de um advogado para atuar nas áreas de direito civil, trabalhista, tributária e administrativa.

No almoço ele conheceu o Rutílio Torres, que tem justamente um escritório de advocacia, o Torres e Kummer Advogados. Contrato fechado.

Camila Adorno, da Dynamus, se interessou pelo trabalho da Gráfica Empório, do Cezar Ramirez, empresa com mais de 15 anos de mercado.

“Já estou em contato com dois potenciais clientes, como Halley, da Clínica White e o Rafael, do Sofá do Enem, além da Dynamus e da 7 Pontos. Não tenho dúvidas de que ainda vou usufruir dos serviços do Cezar Ramirez da Emporio Gráfico e atenderei mais empresários deste grupo”, planeja Camila.

Fotos: SNB

Teve mais!

O Rodrigo Xavier, da Chocolate Lugano, contou ao SóNotíciaBoa que começou uma negociação com a Amanda Guedes, do Grupo Mais Brasil, para introduzir a empresa nos eventos que Amanda realiza em Brasília.

Rodrigo também marcou orçamento de reforma da loja com Marcos Penna, da Struttura Engenharia e aproveitou o encontro para vender seu peixe.

Apresentou opções de brindes feitos com chocolate fino de Gramado para o Halley, da Clínica White (falamos acima) e marcou reunião para apresentar a linha saúde (chocolate sem glúten, sem gordura hidrogenada e diet) para Márcio Mikami da Shizen.

Especialidade, economizar

Em tempos de racionamento de água em Brasília, Diego Castro, do Grupo Smart 360 fez sucesso na reunião.

Ele ofereceu os serviços da empresa – que tem técnicas e equipamentos para reduzir em até 80% o consumo de água – e fechou vista ao condomínio do Patrick, da Virgínia D’Arc, que pode resultar em negócio.

Outro que saiu feliz do encontro foi Rafael Resende, do Sofá do Enem, um talk-show no Facebook que leva conteúdo dos cursinhos para a rede social, de forma irreverente.

Além de entrevistados para o programa, Rafael conheceu o Thiago Jarjour, da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, que trouxe para Brasília a Campus Party, um evento de inovação tecnologia e empreendedorismo.

A Campus Party acontece em 17 países desde 1997. A maior edição no Brasil terminou na semana passada em São Paulo e chegará à capital federal em junho, entre os dias 14 e 18, no Centro de Convenções.

O Sofá do Enem vai ajudar na produção de conteúdo do evento.

Próxima reunião

“Esse contato com pessoas picadas pelo bichinho do empreendedorismo é essencial para avivar os nossos sonhos, crescer e girar nosso negócio em um meio sadio e promissor”, disse Maju Hosken, outra integrante do grupo, que é designer de interiores e proprietária de uma empresa de arquitetura.

Ela também saiu da rodada com negócios com várias agendas marcadas, que poderão gerar oportunidades de negócios e parcerias.

As rodadas de negociações dos empresários de Brasília acontecem a cada dois meses.

A próxima deverá ser em abril, em data e local a serem definidos.

 

Da redação do SóNotíciaBoa

Leia a matéria original.

 


Tags: #brasilia #cdljovemfortaleza

Cadastre-se

Receba novidades da CDL Jovem.